Fator | Performance Driven Marketing

Remarketing e Retargeting: definição, diferenças e exemplos

Enquanto muitas empresas estruturam seus esforços de marketing em torno da construção de reconhecimento de marca e de encontrar novos clientes, muitas negligenciam o retargeting e o remarketing. Ambas as estratégias podem ajudá-lo a envolver pessoas que já visitaram seu site, mas não efetuaram uma compra ou contrataram seus serviços.

Estima-se que 97% dos visitantes que deixam um site não retornarão. Mas envolver-se novamente com esses clientes em potencial ajuda a levá-los de volta ao seu site e aumenta suas chances de ter uma conversão bem-sucedida. Então, o que é remarketing? O que é retargeting? Quando você deve usá-los? Continue lendo para aprender sobre as diferenças entre remarketing e retargeting.

 

Remarketing

O que é o remarketing? Como funciona?

Você utiliza as ferramentas de remarketing para os clientes enviando mensagens automatizadas ou personalizadas para eles quando se inscrevem em uma de suas listas de e-mail, mas não efetuam uma conversão. Você também pode usá-lo para entrar em contato novamente com clientes que não compram há algum tempo. 

 

Quem é o seu público na estratégia de remarketing?

Seu público-alvo principal é o visitante perdido. Esteja você visando um cliente atual, um cliente anterior ou um cliente potencial, suas campanhas de remarketing devem ser usadas para envolver as pessoas que visualizaram seu site e saíram sem fazer uma conversão.

O e-mail marketing coloca você na mente desses clientes e os lembra de que você ainda está por perto e aberto para negócios. Você pode usar este canal de marketing para atingir seus objetivos em relação aos seguintes públicos:

Clientes antigos

O marketing para clientes antigos pode ser mais econômico do que o marketing para novos visitantes. Esses clientes já conhecem sua marca e sabem o que esperar. Você pode criar uma estratégia de marketing digital que informe os clientes anteriores sobre novas vendas e promoções, anuncie novas linhas de produtos e compartilhe atualizações de negócios.

Você também pode usar o remarketing para alcançar clientes com os quais não interage há algum tempo. Crie uma campanha de e-mail para se reintroduzir e ofereça a eles uma promoção especializada para voltar a se envolver com seu negócio. Algo tão simples como um desconto pode ajudar a movê-los ao longo do funil de marketing e aumentar essas taxas de conversão.

Se você estiver interessado em coletar feedback, pode enviar uma pesquisa por e-mail para clientes anteriores para ver por que pararam de comprar de você. Você pode usar isso para melhorar as ofertas de produtos ou serviços e criar novas mensagens que assegurem aos clientes seu compromisso com a qualidade.

Clientes recentes

Se você tiver produtos ou serviços complementares, use o remarketing para envolver os clientes recentes e dizer-lhes como podem complementar o que já estão usando. Use o e-mail para envolver os clientes mais atuais, personalizando com ofertas especiais. Envie e-mails de agradecimento e ofertas especiais para seus clientes, para ajudá-los a se sentirem valorizados. E não se esqueça que este canal de marketing também é uma ótima ferramenta para recompensar a fidelidade do cliente.

 

Remarketing por e-mail

O remarketing por e-mail permite personalizar mensagens para clientes antigos e atuais. Essas mensagens são personalizadas e mais relevantes do que os disparos tradicionais de e-mail. Você pode automatizar as mensagens para as pessoas que abandonam seus carrinhos ou que se inscrevem em um cupom ou boletim informativo e não compram nada.

Outro uso comum para remarketing de e-mail é construir relacionamentos por meio do acompanhamento de clientes existentes. Esteja você vendendo software como serviço (SaaS), serviços financeiros ou produtos físicos, você pode enviar um e-mail de acompanhamento para ver como seu produto ou serviço está funcionando e se oferecer para se encontrar com seus clientes para responder a quaisquer perguntas ou fornecer feedback adicional.

O remarketing permite que você promova seu conteúdo para pessoas que já estão interessadas em sua empresa. Se você publica blogs ou vídeos com frequência, envie um e-mail aos clientes atuais para notificá-los sobre seu conteúdo e incentivá-los a se envolver. 

 

Ferramentas de remarketing

Existem diferentes tipos de ferramentas de remarketing que você pode usar para envolver os clientes atuais e anteriores e aumentar as taxas de conversão.

Remarketing tradicional

O remarketing padrão geralmente se refere aos anúncios na Rede de Display do Google, mas o mesmo conceito se aplica ao remarketing por e-mail. É o envio de mensagens genéricas de marketing e anúncios de remarketing para pessoas que já interagiram com seu site. Qualquer pessoa que abandone o carrinho ou não faça compras com você por um tempo verá o mesmo anúncio.

Remarketing dinâmico

O remarketing dinâmico, por outro lado, adapta os anúncios aos visitantes perdidos do site com base em como eles estavam interagindo com seu site. Um e-mail de carrinho abandonado automatizado incluiria informações sobre os itens no carrinho da pessoa, por exemplo. Ou você pode enviar um e-mail de acompanhamento alguns dias depois notificando o cliente perdido sobre uma queda no preço de um item do carrinho.

Remarketing avançado

O remarketing avançado é a segmentação de seus visitantes com base no que eles estavam fazendo em seu site e nas ações que realizaram. Por exemplo, você pode dividir sua lista em pessoas que acessam rapidamente seu site e depois saem, pessoas que passam um tempo olhando sua página inicial, pessoas que interagem com várias páginas em seu site e pessoas que clicam em uma de suas chamadas para ação (CTA, em inglês).

Depois de segmentar seus clientes, personalize suas mensagens de remarketing de acordo com seus níveis de interesse. Alguém que sai do seu site após dois segundos provavelmente não está tão interessado quanto alguém que fez todo o caminho até o carrinho apenas para abandoná-lo no último segundo. Usando o remarketing avançado, crie mensagens específicas para cada tipo de cliente potencial.

Você pode enviar um e-mail sobre promoções e descontos futuros para alguém que clicou em seu CTA. Da mesma forma, você pode enviar um e-mail contendo mais informações sobre vários produtos ou serviços para uma pessoa que passa muito tempo em sua landing page.

 

Benefícios do remarketing

O remarketing aumenta suas chances de converter com sucesso as pessoas que saem de seu site sem comprar, e permite que você solidifique seu relacionamento com os clientes existentes. Ele também ajuda a divulgar a sua marca ao reintroduzi-la às pessoas que já ouviram falar da sua empresa.

 

Como utilizar o remarketing em suas estratégias?

Muitas plataformas de gerenciamento de e-mail oferecem modelos para automatizar mensagens de remarketing. Isso inclui e-mails de carrinho abandonado e e-mails de acompanhamento pós-compra. Automatizar essas mensagens permite que você fique em contato com os clientes sem ter que coletar manualmente os dados dos visitantes do site e enviar mensagens de e-mail em tempo real.

Sua estratégia digital também deve incluir a segmentação de clientes em potencial com base em como eles interagem com seu site. Construa sua estratégia de mensagens em torno dos níveis de interesse. Inclua CTAs com o objetivo de fazer com que esses clientes dêem o próximo passo, examinando seu catálogo de produtos ou concluindo sua compra.

 

Retargeting

O que é o retargeting? Como funciona?

Retargeting é semelhante ao remarketing, exceto que essa estratégia envolve principalmente o uso de anúncios pagos. Você pode usar o Google Ads, Anúncios do Facebook e outras ferramentas de publicidade digital para capturar pessoas que saem de seu site e induzi-las a voltar.

 

Quem é o seu público na estratégia de retargeting?

Sua meta principal para retargeting provavelmente será fechar vendas. Você pode ficar tentado a veicular anúncios para todos que visitaram seu site em um período de tempo específico, mas o redirecionamento é mais eficaz se você restringir seu foco.

Segmentação de audiência

Você pode segmentar seu público para criar anúncios de retargeting específicos de como as pessoas se engajam com seu site. Por exemplo, você executaria um anúncio diferente para as pessoas que visitaram sua página e saíram imediatamente em comparação com o que executaria para aqueles que se engajaram com suas postagens nas redes sociais.

Em geral, o retargeting é voltado para visitantes da página, pessoas que abandonaram seus carrinhos, pessoas que olham para mais de uma página em seu site, todos os visitantes do site e clientes anteriores. Você não está limitado a envolver esses cinco segmentos, mas é um bom lugar para começar.

Segmentação customizada

O Facebook é uma ótima ferramenta para redirecionar as postagens patrocinadas. A plataforma oferece uma variedade de opções, incluindo públicos-alvo personalizados. Você pode adicionar um Pixel do Facebook ao seu site, que é uma linha de código que o ajuda a construir públicos personalizados quando as pessoas o visitam.

O Facebook permite que você seja específico em sua personalização. Você pode fazer um anúncio para direcionar as pessoas com base na duração do envolvimento com vídeos e outros conteúdos. Ou você pode criar um público personalizado de pessoas que clicaram em seus outros posts patrocinados.

Segmentação de semelhantes

O retargeting ajuda a construir personas de clientes com base em pessoas que já estão engajadas com sua marca. O Facebook oferece a opção de atingir novos clientes cujos interesses são semelhantes aos de seus clientes existentes.

Isso dá a você uma vantagem sobre a exibição de um anúncio genérico. Como você já sabe quais anúncios direcionam os clientes existentes ao seu site, pode supor que outras pessoas com interesses e hábitos de navegação semelhantes serão mais receptivas aos seus anúncios.

 

Ferramentas de retargeting

Como acontece com o remarketing, existem diferentes tipos de anúncios de retargeting.

Retargeting estático

O retargeting estático envolve o envio do mesmo anúncio pago a todos que visitaram seu site sem fazer nenhuma especificação. Por exemplo, você pode enviar um anúncio padronizado e automatizado para qualquer pessoa que visitou seu site nos últimos 90 dias.

Você pode criar diferentes versões do mesmo anúncio e direcioná-los com base em como as pessoas interagiram com seu site, mas todas elas ainda estão vendo a mesma mensagem. Anúncios estáticos são bons para desenvolver o conhecimento da marca, promover novos produtos e negócios com ofertas de serviços e programas limitados.

Retargeting dinâmico

O retargeting dinâmico é mais personalizado. Isso envolve levar as pessoas de volta ao seu site com base em como elas interagiram com ele. É uma tática comum envolver pessoas que abandonaram seus carrinhos ou que clicaram em um CTA sem tirar proveito.

Por exemplo, se alguém clicou em um anúncio do Facebook promovendo uma venda com 40% de desconto, mas não comprou, você poderia enviar a ele um anúncio de retargeting promovendo a venda e lembrando-o de que é apenas por um período limitado. Se um cliente em potencial abandonou seu carrinho, você pode exibir anúncios de retargeting apresentando os produtos específicos em seu carrinho.

O retargeting dinâmico é bom para empresas com um grande estoque, empresas de comércio eletrônico e empresas com uma ampla variedade de clientes que respondem a mensagens diferentes.

 

Publicidade paga

O retargeting não se limita aos anúncios do Facebook. Você também pode usá-lo com o Google Ads, anúncios do LinkedIn, anúncios do Instagram e muito mais. Quando você cria um anúncio de retargeting por meio do Google, o site o executa como um banner ou anúncio gráfico em outro site.

Essa é uma maneira eficaz de lembrar os usuários de seus produtos e serviços muito depois de eles terem saído de seu site. Como os anúncios do Facebook, eles também podem ser estáticos ou dinâmicos. O Google também oferece a opção de personalizar seu layout com base em seu público, tornando-os mais propensos a clicar.

 

Como utilizar o retargeting em suas estratégias?

Quando você estiver começando com o retargeting, estabeleça metas claras. Isso o ajudará a definir quais usuários você deseja redirecionar e criar mensagens que ressoarão com eles. Você pode decidir que deseja concentrar seus esforços apenas nas pessoas que permaneceram em seu site por mais de um minuto. Depois de definir essas diretrizes, decida onde deseja adicionar tags de retargeting em seu site e vincule-as a páginas de destino personalizadas que persuadam os usuários a agir.

 

Quando utilizá-los?

Os exemplos de remarketing e retargeting descritos devem dar uma ideia de quando usar cada estratégia. O retargeting é comumente usado para envolver pessoas que interagiram com sua marca por meio de seu site ou mídia social. O remarketing é usado para reengajar pessoas que já fizeram negócios com você. Além dos e-mails de carrinho abandonados, a maior parte do remarketing é o upsell e a manutenção de relacionamento com o cliente.

O retargeting está focado em melhorar o conhecimento da marca e fechar vendas. É mais apropriado quando você está tentando mover um lead para a última etapa do funil de vendas, que é a compra.

 

Como medir os resultados?

Saber quando usar estratégias de remarketing e retargeting é a primeira etapa. Para obter melhores resultados, meça seus sucessos para que possa usá-los para melhorar futuras campanhas de remarketing e retargeting. Avaliar o número de transações de visitantes recorrentes dirá se você melhorou as taxas de conversão.

Você também deve rastrear taxas de carrinho abandonado, visitantes únicos versus visitantes recorrentes, visualizações de página, tempo gasto na página e taxas de abertura de e-mail. Todas essas métricas podem dar uma ideia de como suas campanhas de remarketing e retargeting estão funcionando.

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.