Fator | Performance Driven Marketing
Por que você não está obtendo os resultados que precisa nos anúncios do Facebook 

Por que você não está obtendo os resultados que precisa nos anúncios do Facebook 

Na internet, podemos encontrar muitas histórias sobre os resultados surpreendentes que você pode alcançar por meio dos anúncios do Facebook. A plataforma apresenta uma quantidade considerável delas no seu site, apresentando estudos de caso, demonstrando aumentos no reconhecimento da marca, volume de vendas, retorno sobre investimento e outros benefícios. 

Os anúncios do Facebook compõem um sistema complexo, com diversas partes, e você precisa ter certeza de que todas estão trabalhando juntas se quiser ter sucesso.

Neste texto, vamos abordar os seis motivos mais comuns em não estar alcançando os resultados desejados com os anúncios do Facebook e como resolver cada um deles.

  1. Você não está fazendo testes A/B

Se você der uma busca online, vai encontrar muitos posts detalhando como criar o anúncio perfeito no Facebook em apenas alguns minutos. Na prática, criar campanhas no Facebook requer mais do que simplesmente seguir algumas recomendações – não há uma fórmula mágica. 

Isso se deve ao fato de que existem muitas variáveis, como mencionamos anteriormente, e a combinação de produto, mensagem, estratégia e público é única para cada caso. Até mesmo os especialistas às vezes ficam surpresos com as campanhas que têm melhor desempenho, e nem sempre há razões claras para isso.

É por isso que você precisa de testes A/B.

O teste A/B (também conhecido como “teste dividido”) requer experimentos com suas campanhas. Você vai criar várias versões de um único anúncio ou conjunto de anúncios para testar o público, os canais, o texto ou as imagens. Teste apenas uma variável por vez, assim verá quais mudanças na campanha estão causando o maior impacto e o que repercute em seu público.

Além de ajudá-lo a identificar seu conteúdo de melhor desempenho no momento e a moldar suas estratégias futuras, os testes A/B garantem que você tenha diversos anúncios ativos simultaneamente. Isso é positivo, pois evita a fadiga dos anúncios, já que os usuários estão sendo expostos a novas campanhas para mantê-los engajados.

Se você ainda não começou a fazer testes A/B, o Facebook facilita o processo. Ao criar uma campanha, utilize o recurso de teste A/B para criar várias versões dos seus anúncios de uma só vez.

  1. Seu público é muito restrito.

Existe uma grande quantidade de orientações disponíveis explicando como você pode usar a segmentação do Facebook para alcançar uma ampla variedade de públicos de nicho. Por exemplo: interessado em atingir pessoas entre 18 e 24 anos que moram longe da família, estão próximas de seus aniversários e praticam musculação? Sim, é possível fazer exatamente isso e muito mais.

Mas aqui está o problema: talvez você realmente não queira.

Na verdade, seu público pode se tornar muito restrito. Quando isso acontece, duas coisas podem acontecer: você pode perder de vista os objetivos da sua campanha e pode acabar sem pessoas para alcançar.

Quando seu público fica muito restrito, não há novas pessoas para atingir. Isso significa que os mesmos membros do público podem ver seu anúncio repetidamente, aumentando a frequência e a fadiga do anúncio. As pessoas tornam-se menos propensas a clicar ou realizar ações – e com o tempo, impacta negativamente suas campanhas.

Certifique-se de encontrar equilíbrio com seu público, escolhendo opções que sejam restritas o suficiente para ajudá-lo a alcançar os objetivos, mas não tão restritas a ponto de se tornarem autossabotagem.

  1. Você não está segmentando de acordo com o estágio do funil.

É altamente improvável que você execute uma única campanha (ou mesmo algumas versões testadas A/B dela) e veja resultados imediatos. Embora isso possa ocorrer, a maioria dos clientes precisará ver vários anúncios, todos adaptados à sua posição no funil de vendas.

Conforme avança na criação de novas campanhas direcionadas a usuários em estágios diversos do funil de vendas, é essencial adaptar suas estratégias de anúncios para atender às necessidades específicas de cada fase. Isso significa não apenas personalizar sua mensagem e oferta, mas também ajustar a abordagem e os canais de distribuição para maximizar o impacto e a eficácia em cada etapa do processo de conversão.

  1. Você não tem campanhas de retargeting 

O retargeting desempenha um papel crucial ao exibir para  usuários campanhas relevantes da sua marca. Você pode alcançar clientes ou leads anteriores enviando listas de e-mail, assim como direcionar leads que ainda não foram convertidos, levando-os de volta ao anúncio em que converteram. Isso ajuda a manter sua marca em destaque e a aumentar as chances de conversão, continuando com interesse e relevância para cada segmento da sua audiência.

O retargeting é o incentivo que as pessoas precisam para efetuar uma compra, e funciona porque há o impacto das informações necessárias no momento exato. Não importa se você está tentando fazer com que os usuários preencham um formulário ou se um cliente antigo realiza uma ação, o retargeting pode ajudá-lo a atingir seus objetivos.

  1. Seus criativos não comunicam o valor de maneira adequada.

Seus anúncios nunca vão atrair a atenção dos espectadores se os recursos visuais não forem interessantes e o texto não transmitir valor de maneira adequada.

Quando as pessoas assistem ao seu vídeo, elas devem entender o que você quer dizer logo na primeira execução. Isso não significa que você precise vender algo a elas – uma entrevista com um cliente ou com o fundador da marca é uma ótima maneira de construir reconhecimento e confiança. Elas só precisam captar a mensagem que você deseja transmitir.

As imagens devem ser interessantes e atraentes, mas também autoexplicativas. Ninguém deve se perguntar qual é o produto que você está vendendo. Transmita o valor de qualquer ação de desejo  nas pessoas para que realizem a compra do produto ou serviço. O que o diferencia, como funciona e quais benefícios o cliente pode obter ao adquiri-lo e utilizá-lo?

  1. Você não está gerenciando ativamente suas campanhas

Você precisa acompanhar de perto suas campanhas, porque algumas marcas começarão a ter sucesso, mas deixá-las como estão pode resultar em surpresas desagradáveis. Algumas semanas depois, as coisas podem começar a piorar se você não estiver atento.

As campanhas do Facebook, assim como todas as campanhas CPC, exigem um monitoramento cuidadoso e ativo. As coisas podem mudar rapidamente nos anúncios do Facebook por vários motivos. 

O sistema de classificação de anúncios pode mudar, novos concorrentes podem começar a fazer lances para os mesmos públicos, novos recursos podem ser lançados e, às vezes, seu público pode até se cansar do anúncio ao vê-lo com muita frequência. Mesmo as campanhas que tiveram um bom desempenho há um mês podem começar a mudar inesperadamente.

É preciso monitorar regularmente, verificando-as no período de  poucos dias. Durante esse intervalo, observe o desempenho geral das suas campanhas. Você pode configurar regras automatizadas para ajudar, mas a revisão manual é sempre importante.

Pensamentos Finais

Se você está se perguntando o motivo de não estar obtendo os resultados de anúncios do Facebook necessários, faça uma pausa antes de continuar com suas campanhas. Veja o que pode estar sendo impeditivo. Existem várias maneiras de obter sucesso com os anúncios do Facebook e, às vezes, descobrir quais funcionam demanda tempo e prática.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.