Fator | Performance Driven Marketing

Por que o Google Ads é tão bom para conquistar novos clientes

Quando você quer saber sobre um produto, um serviço ou uma promoção, faz o quê? Pois é, joga no Google. A ferramenta de busca é um jeito rápido de chegar à informação que interessa. Por isso, investir em Google Ads se mostra uma estratégia de marketing tão necessária quanto eficiente.

Se o seu negócio ainda não usa a plataforma de anúncios mais popular da web, aqui vão alguns motivos para começar sua campanha o quanto antes. Prepare-se para atrair mais tráfego ao seu site, conquistar novos consumidores e fazer sua empresa crescer.

Google Ads mira públicos bem específicos

A primeira grande vantagem de anunciar no Google é ser visto na hora certa. Por exemplo, assim que alguém busca por “tênis de corrida”, sua loja de artigos fitness aparece em destaque nos resultados.

Isso acontece graças ao uso das palavras-chave corretas. Quanto mais específicas essas expressões, maiores as chances de você atrair leads qualificados.

A própria ferramenta on-line sugere keywords populares entre determinados grupos. Use essa oportunidade para pensar como o consumidor.

Quer vender lanches para o público universitário? Tente trabalhar termos como “pizza barata” ou “comida saudável”. Você pode testar diferentes palavras-chave e alterá-las de acordo com a performance de cada uma.

Nesse ponto, o importante é conhecer os interesses do público-alvo. Você deve saber exatamente quem quer atingir. Lembre-se: a tecnologia pode encurtar o caminho entre sua empresa e a clientela, mas, para isso, é necessário ter uma persona bem-construída.

A ferramenta do Google alcança os consumidores locais

O Google Ads permite filtrar resultados de busca com base na localização. Desse modo, se você possui um serviço de tele entrega que só funciona em Porto Alegre, pode restringir o alcance do anúncio aos moradores da capital gaúcha.

Um habitante de Bagé que digitar “delivery de pizza” não encontrará o restaurante entre as primeiras opções. Agora, se o mesmo termo de pesquisa for utilizado por um porto-alegrense, a pizzaria vai estar em evidência. 

Na prática, isso significa mais retorno sobre o investimento em marketing. Você não corre o risco de gastar dinheiro com anúncios fora de sua área de atuação. A publicidade aparece somente para pessoas próximas, com alta chance de conversão – e é possível customizar o alcance, tanto incluindo quanto excluindo localidades (bairros, cidades ou países inteiros). 

Dica: também dá para associar o anúncio ao Google Meu Negócio para acrescentar outras informações, como um mapa indicando a loja mais próxima. Nada mais conveniente que ensinar ao público como chegar até você, né?

Google Ads permite que os clientes entrem em contato

A ferramenta possui extensões que incrementam os anúncios. Você pode adicionar: 

– Número de telefone;

– Endereço da loja física;

– Link para o site;

– Reviews de consumidores;

– Link para download do app.

E muito mais. Essas informações aparecem logo abaixo da descrição do produto ou serviço que você está vendendo. E podem ser bem mais úteis que um slogan engraçadinho.

As funcionalidades são gratuitas, mas às vezes há cobrança extra se forem acionadas. Digamos que o usuário clique no número de telefone para falar com você. A chamada será cobrada – sim, o Google consegue rastrear ligações feitas a partir de celulares, tablets e até do desktop.

Uma alternativa interessante é aproveitar o espaço do anúncio para antecipar itens do catálogo. Um restaurante pode incluir um link direto para o cardápio. Uma concessionária, a lista de automóveis em oferta. Enfim, as opções são inúmeras!

Facilita estratégias de retargeting

Você visita o site de uma empresa, fica um tempinho e depois sai. Então, banners de propaganda da marca começam a aparecer em outras páginas on-line. Já passou por essa situação? É o chamado remarketing, ou retargeting.

O Google Ads utiliza cookies para rastrear os usuários. Com essa estratégia, você consegue seguir os visitantes que chegaram até sua landing page e que, por alguma razão, não finalizaram a compra.

Trabalhar com remarketing envolve custos extras, mas compensa. A ideia é que os consumidores vejam seu nome de novo, de novo e ainda mais uma vez. Quando precisarem do produto, é você que eles terão na cabeça.

O melhor é que a Rede de Display do Google (os sites que exibem anúncios da plataforma) possui diversos parceiros de nicho. Ou seja: pode-se escolher os locais mais adequados para incluir publicidade.

Por exemplo, onde você divulgaria roupas de bebê? O site da revista Crescer e blogs sobre maternidade seriam bons lugares, certo? Pois faça isso, acompanhe os resultados e, se for o caso, exclua as URLs que não obtiverem um bom desempenho.

Com o Google, você aproveita as melhores oportunidades

Um cliente em potencial pode estar logo ali na esquina – literalmente. Portanto, vale a pena otimizar os anúncios de Google Ads para dispositivos móveis.

Imagine que você possui um minimercado. Muitas pessoas que circulam pela vizinhança nem sequer sabem que o estabelecimento existe. Porém, em alguma hora do dia, elas precisarão comprar mantimentos.

Se um desses sujeitos estiver no caminho do trabalho para casa, ele provavelmente vai pegar o smartphone e pesquisar por “mercado”. O Google vai sugerir lojas nas redondezas – e os anúncios otimizados para celular vão aparecer primeiro. Esses detalhes são ajustáveis na página de configurações da campanha.

A intenção do marketing mobile é, justamente, capturar a atenção do público flutuante. Bem mais inteligente (e barato) que sair espalhando outdoors ou distribuindo panfletos pela cidade.

Tecnologia ajuda a mensurar os resultados

Concluindo, cabe frisar que o Google Ads disponibiliza dezenas de opções para monitorar e avaliar o impacto de uma campanha. Você consegue acompanhar quais palavras-chave rendem mais acessos, quais são os anúncios que mais geram conversão e quais são os melhores horários para rodar determinada publicidade.

Especialmente para pequenos empreendimentos, essa é uma estratégia bastante econômica. Você pode estabelecer um orçamento ínfimo e verificar a performance. Quando o anúncio dá certo, é hora de aumentar a cifra para atrair ainda mais leads. Quando dá errado, basta interromper a campanha e refazer a estratégia.

Esse processo de tentativas, erros e acertos permite alterar o percurso com bastante rapidez. Não tem mais essa de fechar um contrato para publicar X peças em Y edições de um jornal. Em vez de torrar grana com campanhas massivas que rendem baixo retorno, você usa a verba de um jeito certeiro

Gostou das dicas? Então comece a preparar hoje mesmo sua estratégia de marketing para Google Ads. Boas vendas!

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.