Fator | Performance Driven Marketing

Construindo audiências para anúncios de Facebook para escolas

Você pode elaborar as peças mais criativas e até alocar uma verba generosa para o marketing, mas todo esse esforço nem sempre se traduz em resultados. Quando lidamos com anúncios no Facebook, o erro geralmente recai sobre o direcionamento de público, ou targeting. Ter audiências definidas é algo essencial quando falamos em Facebook Ads.

São tantas opções de filtro que é fácil se perder no meio do processo. Aí, o conteúdo acaba sendo exibido para as pessoas erradas, rendendo baixa conversão.

Facebook Ads para escolas: um passo a passo

Como resolver o problema? Se o seu objetivo é conquistar mais matrículas para a escola, existem táticas para encontrar as audiências desejadas. Abaixo, elencamos algumas sugestões.

  1. Tenha uma persona definida

A regra número 1 do marketing é: conheça seu público-alvo. E todo educandário tem um perfil médio de alunos. As famílias têm poder aquisitivo alto ou baixo? Os estudantes moram no bairro do colégio, ou nas cidades vizinhas? 

É importante conhecer essas características para definir a persona, ou seja, a personagem que sintetiza sua audiência ideal. Tente ir além dos dados demográficos, também. Verifique quais são os hobbies desses jovens, que sites gostam de visitar e quais dispositivos usam para acessar a web.

No caso do Ensino Fundamental, vale, ainda, conhecer o perfil dos pais. Afinal, eles têm grande poder de decisão na escolha da escola, então os anúncios do Facebook deverão ser direcionados aos adultos.

  1. Filtre as categorias

Os parâmetros básicos para segmentar um anúncio no Facebook consistem em idade, gênero e idioma do público. Essas informações estão incertas? Então volte ao passo 1.

Depois, é hora de refinar a tática para atingir um grupo mais específico de clientes em potencial. O nível de escolaridade e o ramo de atuação podem ser um bom começo.

Por exemplo: quer vender um curso profissionalizante? Direcione o anúncio para adolescentes que estejam cursando o Ensino Médio, ou até mesmo para aqueles que já trabalhem no comércio local.

Quanto aos pais, é possível restringir a audiência a “adultos com filhos entre 3 e 5 anos” (idade pré-escolar), “adultos com filhos pré-adolescentes” (primeira etapa do Ensino Fundamental) e assim por diante. Essa é uma das fases mais importantes para garantir o sucesso de sua estratégia de marketing.

  1. Encontre a localização adequada

Os mecanismos do Facebook Ads são baseados em geolocalização. Eles permitem abranger tanto áreas amplas (cidades e estados inteiros) quanto endereços específicos (rua X, CEP Y). Você também pode direcionar o conteúdo para quem vive no lugar, morou lá no passado ou esteve visitando a localidade recentemente.

Tantas opções dificultam o trabalho de criar anúncios de escolas no Facebook. O risco está em determinar uma localização tão vasta que gere leads pouco qualificados (ou tão limitada que não renda resultado nenhum).

Em geral, vale a regra do quanto mais específico, melhor. Direcione o material a bairros ou cidades que concentrem maior número de público interessado. De novo, é essencial ter uma persona bem definida para entender onde estão as audiências que você quer atingir.

  1. Conheça os interesses do público

Um estudante interessado em aprender inglês não necessariamente vai dar like numa página sobre o ensino do idioma. Porém, o histórico de navegação do usuário costuma apresentar boas pistas sobre seus hábitos.

Imagine um adolescente que curte bandas estrangeiras e segue blogs de viagens. Ele provavelmente vai precisar do inglês, nem que seja para compreender melhor as letras das músicas favoritas. Pronto: já temos elementos com os quais trabalhar. O anúncio de seu curso de idiomas pode ser direcionado a esse cara.

Filtrar publicidade baseando-se nos interesses do público é uma ótima opção. As redes sociais determinam quais são esses interesses com base nos aplicativos utilizados pela pessoa e nas suas interações com outras páginas.

  1. Determine onde o anúncio vai aparecer

O canal pode ser um dos parâmetros de segmentação mais estratégicos para seus anúncios. Você deve entender se a audiência usa celular, tablet, laptop, desktop ou mesmo os quatro dispositivos. 

Além disso, lembre-se de que a rede de publicidade do Facebook se expandiu para outras plataformas da empresa, como o Instagram. Se sua audiência está ativa nessa rede social, considere utilizá-la na campanha.

Nesse ponto, vale entender o formato correto para cada situação. Um banner no Facebook pode parecer “parte da paisagem”, mas um post patrocinado no Instagram talvez atrapalhe o fluxo de navegação. Vídeos no Stories podem funcionar com usuários mais jovens, enquanto os adultos ainda têm dificuldade em experimentar essa funcionalidade do app.

Claro que as informações do parágrafo acima são suposições. Você deve pesquisar os hábitos da audiência para verificar quais são, de fato, as abordagens mais efetivas.

  1. Use audiências personalizadas

Uma tática bastante eficiente para escolas é investir no remarketing. Essas campanhas buscam os sujeitos que demonstraram interesse no educandário, embora ainda não tenham efetuado a matrícula. Vá atrás dos que já curtiram um post, fizeram um comentário ou enviaram uma mensagem.

A ferramenta de audiências personalizadas (custom audiences) do Facebook lida exatamente com esse grupo. Dá até para ir além da rede social e mirar o público que gerou tráfego para seu site.

Caso você possua um banco de dados de leads mais robusto em seu sistema de CRM, há a alternativa de criar audiências personalizadas a partir de listas. Simplesmente faça upload de um arquivo CSV contendo endereço de e-mail, nome completo e data de nascimento das pessoas. O Facebook tentará associar as informações ao perfil correto.

Conclusão: conheça seu público-alvo

As estratégias de conversão a partir de anúncios no Facebook funcionam muito bem para escolas, desde que você regule os mecanismos da maneira certa. Inclusive, temos outro artigo sobre Facebook Lead Ads dando mais dicas sobre o assunto. Siga o link e confira!

No fim das contas, o que importa é eleger critérios para determinar uma audiência específica, sem que isso restrinja demais o campo de atuação. Haverá um tempo razoável de tentativas e erros, e é bem provável que você não tenha uma noção clara de seu sucesso antes de rodar os primeiros anúncios.

No entanto, você logo saberá tirar o melhor proveito da plataforma. Basta manter um olhar atento aos resultados, ajustar o público-alvo quando for necessário e gerenciar as campanhas continuamente.

EAD: O FUTURO
DO ENSINO NO BRASIL
Um Ebook exclusivo para profissionais de marketing de instituições de ensino.
Um histórico do mercado de Ensino à Distância no Brasil e as principais tendências para o futuro, trazendo indicadores de comportamento do público e como se preparar para captar melhor os alunos.
BAIXE AGORA O EBOOK

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.