Fator | Performance Driven Marketing

Como criar uma campanha de concorrente no Google ADS – Parte 2

Pegando carona na primeira parte desta série de 2 posts, embora seja um desafio crescer, a competitividade do marketing on-line faz maravilhas para a economia e força os empresários a serem criativos.

O marketing pago é essencial para qualquer empresa ou marca ter sucesso nesses mercados superpovoados.

Na primeira parte desta série, discutimos o uso de nomes de concorrentes em suas listas de palavras-chave e começamos a sinalizar o que você deve monitorar ao configurá-los. Vamos continuar e chegar ao âmago da questão ao implementar nomes de concorrentes como palavras-chave no Google Ads.

Fique longe de DKI nos seus anúncios de concorrentes

Digamos que você abordou alguns pontos que mencionamos na parte 1, mas ainda está se questionando se tem uma boa configuração e o que mais você deve considerar?

Uma boa configuração consiste em uma lista de palavras-chave refinada composta pelos nomes dos concorrentes e que você criou anúncios genéricos descrevendo os recursos específicos da marca. Certifique-se de evitar mencionar nomes ou marcas registradas de concorrentes no anúncio.

Aprofundando um pouco mais essa estratégia de anúncios, o uso da inserção de DKI (palavra-chave dinâmica nos títulos dos anúncios) representará uma ameaça à conformidade ao usar nomes de concorrentes.

O DKI pega qualquer palavra-chave da sua lista de palavras-chave e corresponde à consulta de pesquisa para se ajustar ao limite de 25 caracteres do título do seu anúncio.

Como você está usando o DKI, o título de seus anúncios mostrará os nomes de seus concorrentes, o que representa um problema potencial para a política de publicidade e a lei de marcas registradas.

Portanto, evite usar DKI nos anúncios ao usar nomes de concorrentes como palavras-chave.

Use nomes de marcas que competem diretamente com seu negócio

Vamos supor que você venda tênis. É mais sensato se concentrar em nomes de concorrentes que fazem sapatos semelhantes aos seus. Dessa forma, seu produto é uma alternativa para o que o cliente busca.

Faz mais sentido focar nos nomes dos concorrentes visando o mesmo público-alvo da sua empresa.

No caso da parte 1, apresentada uma cervejaria personalizada, provavelmente desencadearia pesquisas para outras cervejarias locais de pequeno e médio porte se focassem nos concorrentes diretos em vez dos mais comerciais.

As pessoas que procuram marcas semelhantes à sua podem ter interesse em experimentar algo diferente, mas dentro da mesma gama de produtos.

Por esse motivo, o melhor é desativar palavras-chave que incluam palavras-chave de marca para empresas mais comerciais.

Mais comumente, esses são o que os estrategistas chamam de “grandes ligas”, pois competem em um nível diferente em termos de orçamento de publicidade e reconhecimento de marca. As metas de vendas deles se concentram mais no consumo de massa do que na oferta de cervejas artesanais em quantidades menores.

Nem todos os nomes de concorrentes são definidos como boas palavras-chave

Usar a marca de seu concorrente é uma vantagem para sua estratégia de campanha e é uma excelente maneira de aumentar as conversões em potencial. Essa busca por estratégia é uma forma inovadora de conectar sua marca com o público que busca seus produtos.

É essencial seguir as práticas recomendadas mencionadas em todo este blog e monitorar continuamente o comportamento da campanha para garantir que as palavras-chave de seus concorrentes melhorem e não prejudiquem o desempenho de sua campanha.

Outro ponto a ter em mente é a tendência de ignorar a relevância do conteúdo da página da web. Certifique-se de que sua página de destino tenha conteúdo semelhante às marcas de seus concorrentes; esse é um culpado clássico pelo qual as palavras-chave têm índices de qualidade mais baixos e CPC mais alto.

Monitore o valor e o desempenho

Você deve monitorar o valor de ter nomes de concorrentes como palavras-chave. Configurar e esquecer não significa imediatamente em ROI. Requer otimização e acompanhamento consistente para maximizar sua eficiência.

Uma observação de especialista: lembre-se de que a taxa de conversão de nomes de concorrentes como palavras-chave tende a ser menor do que a média de uma conta.

No entanto, segmentar nomes de concorrentes como palavras-chave funciona como uma estratégia cross-channel, beneficiando o seguinte:

  • Aumentar a exposição;
  • Atrair uma porcentagem maior de audiências on-line;
  • Um aumento gradual e qualidade das conversões.

É fácil desanimar, mas paciência é uma virtude. O progresso virá com as melhores práticas e otimização. Tenha certeza de que sua marca acabará por classificar e descobrir novos públicos à medida que as campanhas seguem seu curso. É tudo sobre o quão bem você tira proveito de quaisquer estratégias para expandir a exposição do seu negócio.

Anúncios relevantes

Sempre há oportunidade para alavancar táticas no gerenciamento do Google Ads. Seja agressivo com isso. Escrever anúncios sólidos e concisos é sua oportunidade de elevar seu negócio acima dos concorrentes e se destacar para clientes em potencial.

Dicas para otimização de anúncios:

  • Chamadas de venda única: o que diferencia sua empresa de seus concorrentes
  • Promoções (se aplicável)
  • Conteúdo relevante que valida seu serviço/produto como a melhor opção

Nossos estrategistas recomendam adicionar o termo da sua marca ao texto do anúncio para evitar usuários “enganosos” e altas taxas de rejeição.

Usar o nome da sua empresa aumenta a credibilidade e impede que os usuários que procuram outras marcas cliquem em seu anúncio, reduzindo leads não qualificados e altas taxas de rejeição no site.

Entenda seu mercado

Antes de encerrarmos, temos um ponto rápido e final que irá prepará-lo antes de reunir suas palavras-chave de concorrentes.

Nem todos os setores se beneficiam da mesma forma usando essa tática. Nossos estrategistas perceberam que a taxa de conversão do setor de saúde é significativamente menor do que o varejo. Portanto, é altamente recomendável que você faça alguns trabalhos de casa sobre estatísticas do setor, como insights de leilões, CPCs e outras métricas relevantes para ajudá-lo a planejar a estratégia com seu orçamento de marketing.

Tire vantagem

Como mencionado anteriormente, o mercado online está sempre ocupado e em crescimento. A tecnologia nos deu acesso a recursos que antes eram difíceis de encontrar. Mídia paga, SEO e mídias sociais são canais de marketing que podem ajudar as empresas a avançar estrategicamente na concorrência on-line e se conectar gradualmente com o público-alvo a um custo acessível.

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.