Fator | Performance Driven Marketing

7 mitos sobre anúncios no Facebook

Procure por Facebook Ads na internet e você encontrará inúmeras receitas de como utilizar esse serviço. Sim, a ferramenta de anúncios é ótima para segmentar a audiência. Sem dúvidas, o retorno sobre o investimento em publicidade será maior. Ainda assim, há muitos mitos que rondam essa estratégia de marketing digital.

Principais mitos sobre anúncios no Facebook

A seguir, vamos analisar algumas crenças sobre anúncios no Facebook que nem sempre correspondem à verdade. Acompanhe.

  1. É necessário delimitar um público superespecífico

Você já deve saber que a ferramenta permite segmentar (bastante) a audiência. Gênero, estado civil e preferências pessoais ajudam a compor o perfil das pessoas que o banner vai atingir. Mas será que o interesse no produto é suficiente para gerar conversão?

Uma delimitação muito específica rende baixo volume de targets. Assim, o algoritmo do Facebook não consegue dimensionar outros clientes em potencial. Talvez seja preciso ampliar o alcance, inclusive para redesenhar as personas às quais a marca se dirige.

  1. Anúncios no Facebook não funcionam para B2B

É comum pensar que executivos e gestores estarão no Linkedin. Porém, o Facebook continua sendo a rede social de maior alcance: são mais de 2 bilhões de usuários. Ou seja, esse canal permanece entre os principais, independentemente da área de atuação do público-alvo.

Além disso, os recursos de segmentação permitem trabalhar com audiências semelhantes. Você define área de atuação, cargo e renda dos seus clientes. Em seguida, o Facebook Ads apresenta perfis parecidos, com boas chances de se tornarem leads.

  1. Deve-se investir em curtidas

O número de seguidores da página pode até indicar popularidade. No entanto, dificilmente funciona como KPI para vendas. Isso porque quem curte uma empresa não necessariamente compra seus produtos ou contrata seus serviços.

Outra questão importante: o alcance orgânico das publicações segue caindo. Nem mesmo quem curte sua marca conseguirá ver todo o conteúdo.

Portanto, esqueça a ideia de inflar a quantidade de reações ao post. Em vez disso, trace objetivos claros para a campanha e trabalhe com metas mais voltadas ao business: gerar tráfego ao site, aumentar a conversão e por aí vai.

  1. O retarget serve para todo mundo

Cada indivíduo que chega ao site o faz por um motivo. Se o usuário acessou a página Trabalhe Conosco, é provável que não esteja interessado no catálogo da loja.

Portanto, a estratégia de remarketing precisa ser bem-pensada. Nessa etapa do funil de vendas, a customização funciona muito bem. Direcione os banners para os visitantes que percorreram seções específicas do site, como as landing pages de anúncios.

  1. Gente sorridente vende mais

Existe um mito publicitário de que o público simpatiza mais com pessoas sorrindo. Por isso, os comerciais de TV sempre têm gente empolgada em qualquer atividade – seja ir ao supermercado, seja comer uma salada no almoço. Não parece muito realista, né?

Em vez de apelar para uma foto genérica do iStock, pense numa imagem que se destaque. Ela deve ter apelo instantâneo, já que muitos usuários percorrem o feed sem prestar tanta atenção aos posts. Em poucas palavras: o banner deve mostrar os resultados que o consumidor pode obter. Simples e direto.

  1. Anúncios ao lado direito não funcionam

Não ignore a barra de anúncios no lado direito da página do Facebook. O segredo está no tipo de publicidade destinada àquele espaço. Certifique-se de pagar por cliques, e não por impressões geradas, pois isso drena qualquer orçamento.

Lembre-se de que, nesse local, os banners têm tamanhos diferentes e não comportam muito texto. As peças devem ser ajustadas apropriadamente.

  1. Anunciar no Facebook é caro

Esse mito está associado aos anteriores. O problema não é o valor disponível para a estratégia digital. A questão é saber investi-lo da maneira correta.

Até as microempresas conseguem realizar testes para verificar as táticas mais eficazes de segmentação. Com poucos reais por dia, você pode aprimorar seu conhecimento sobre marketing no Facebook e garantir maior retorno sobre o investimento.

No fim das contas, não existe receita para o sucesso. As melhores abordagens dependerão dos objetivos do seu negócio. De todo modo, o Facebook Ads funciona. Basta ter a equipe certa para lidar com a ferramenta.

Gostou das dicas? Deixe um comentário! E aproveite para acompanhar as novidades do blog da Fator Digital.

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.