Fator | Performance Driven Marketing

7 maneiras de afastar novos e emergentes concorrentes no Google Ads

Então você trouxe um produto novo e inovador para o mercado ou talvez você tenha encontrado uma maneira de dar uma nova guinada em um serviço existente e com isso sua popularidade começou a aumentar.

Agora você está promovendo seu produto ou serviço com o Google Ads e por um tempo, você dominou o espaço na busca paga. Mas, eventualmente, outros 00veem seu sucesso e desenvolvem seu próprio produto ou serviço para reivindicar parte do mercado.

Com isso, você está competindo com os novatos no Google Ads.

O que você pode fazer para afastar esses concorrentes – sem quebrar nenhuma regra legal, moral ou ética?

Aqui estão sete maneiras legítimas de afastar concorrentes iniciantes no Google Ads.

1. Monitore continuamente as tendências dos concorrentes

Você não pode afastar os concorrentes se não souber que eles estão lá. Isso significa que você deve monitorar continuamente a concorrência.

Em alguns casos, você pode detectar concorrentes por meio das métricas de impressão do Google Ads, como a parcela de impressões absolutas e a parcela de impressões no topo absoluto.

Em outros casos, você encontrará evidências de concorrentes por meio de informações sobre leilões do Google Ads.

As informações do leilão permitem que você compare seu desempenho com o de outros anunciantes que participam dos mesmos leilões, com estatísticas como parcela de impressões e taxa de sobreposição.

Outras ferramentas de análise de concorrentes, como Semrush, podem ajudá-lo a identificar quando os concorrentes aumentaram seus orçamentos em publicidade.

2. Procure vulnerabilidades e oportunidades

Depois de identificar seus concorrentes, procure oportunidades para superá-los.

Por exemplo, se o concorrente for novo no mercado, ele pode não ter orçamento para veicular anúncios 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano. Procure janelas de tempo em que não haja publicidade dele e certifique-se de que você está presente neste tempo.

Se o concorrente decidiu não anunciar nos finais de semana ou à noite, tente agendar algumas campanhas para esses horários.

3. Espere por eles

Sua receita pode diminuir quando um novo concorrente entrar no mercado.

Como resultado, você pode ficar tentado a cortar seu orçamento – ou desativar seu Google Ads – porque não está tendo os mesmos retornos de antes.

Mas, muitas vezes, essas receitas serão recuperadas se você mantiver o curso. Você tem que ser paciente.

Por exemplo, alguns anunciantes irão começar com um grande orçamento de lançamento que, geralmente, diminui com o tempo. À medida que o orçamento deles diminui, seus retornos podem voltar a aumentar.

Outros concorrentes perceberão o quão difícil é o mercado e, portanto, pararão de anunciar. Eles voltarão a pensar em outras formas de retorno, e sua receita pode se recuperar nesse tempo.

Há mais um motivo para não cancelar sua publicidade em vista da queda na receita: o Google recompensa anunciantes consistentes.

A experiência nos mostra que, quando você desativa suas campanhas do Google Ads (especialmente aquelas que usam estratégias de lances automatizados), você pode encontrar custos por clique muito mais altos ao ativar suas campanhas novamente.

Mantenha sua publicidade ativa mesmo que você tenha que reduzir.

Em seguida, faça o que puder para otimizar seus gastos enquanto você aguarda uma melhora.

4. Não se espalhe muito

Quando você tem pouca concorrência, é tentador anunciar em todos os mercados que você atende.

Mas se você acabar se dividindo muito, ficará vulnerável aos concorrentes quando eles entrarem no mercado.

Portanto, recomendamos ter pelo menos R$ 3.000 por mês para gastar se você estiver anunciando nacionalmente no Brasil. Isso deve lhe dar potência suficiente para competir com novos participantes.

Se R$ 3.000 estiver fora do seu alcance, restrinja sua publicidade para incluir seus estados ou cidades de melhor desempenho, em vez de ir para todo o país.

5. Qualifique seus cliques

Se você está recebendo muitos cliques, mas poucos compradores, isso pode ser um sinal de que seus concorrentes estão com preço melhor.

Mas se o seu produto for superior ao deles, você pode justificar o preço mais alto.

Portanto, coloque esse preço em seus anúncios. Isso o ajudará a qualificar os visitantes antes que eles cliquem – e a maximizar seu orçamento.

Ao mesmo tempo, concentre-se em sua mensagem para comunicar como e por que seu produto é melhor do que o da concorrência (veja o próximo ponto).

6. Exiba suas vantagens

Como mencionado acima, você deseja claramente se diferenciar da concorrência, especialmente se estiver com um preço mais alto.

Use a mensagem do seu anúncio para comunicar esses diferenciais e contextualizar o preço.

Você também pode usar suas mensagens para enfatizar as vantagens em tempo real, mesmo que sejam temporárias.

Por exemplo, se você está em um setor que está enfrentando problemas de suprimentos – e tem itens em estoque – você pode comunicar: “Em estoque e pronto para enviar!”

Por outro lado, se você não tiver estoque, pode testar algo criativo, como “Grandes descontos para encomendas a partir de dezembro”.

7. Tenha uma estratégia forte de pós-clique

Ao implementar essas estratégias, certifique-se de ter uma estratégia forte de pós-clique.

Se sua página de destino não se alinhar perfeitamente com seus anúncios, isso prejudicará tudo o que veio antes.

Você pode enfrentar a concorrência

Quando você tem um produto ou serviço importante, novos concorrentes sempre entram em cena.

Mas você não precisa enfrentar a competição sem fazer nada.

Em vez disso, coloque sua publicidade de pesquisa paga para funcionar e revide!

 

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.