Fator | Performance Driven Marketing

5 otimizações de AdWords para Instituições de Ensino Superior

Uma campanha de AdWords requer ajustes ao longo do tempo. Elementos como a escolha das palavras-chave, o orçamento disponível e o próprio formato do anúncio devem ser monitorados. Isso ajuda sua instituição de ensino a manter uma performance de sucesso na rede.

Como otimizar campanhas de AdWords

A seguir, vamos dar dicas de como fazer a manutenção da estratégia de links patrocinados. Trata-se de uma medida indispensável para quem quer otimizar resultados e se destacar no segmento. Fique conosco!

  1. Revise as palavras-chave

O primeiro passo para melhorar uma campanha de AdWords sempre é observar as palavras-chave ativas. Você pode analisar indicadores (KPIs, na sigla em inglês) como impressões, custo por clique e taxa de conversão.

Preste atenção às irregularidades e, principalmente, aos casos em que o desempenho estiver muito abaixo do esperado. É aí que deverão ser feitos os primeiros ajustes.

Não se esqueça de filtrar keywords negativas, também. Se você oferece um curso de Arquitetura pago, convém negativar os termos “gratuito” e “grátis”. Dessa forma, seu anúncio para de aparecer em resultados de busca pouco relevantes –quando o usuário procura “curso de Arquitetura gratuito”, por exemplo.

  1. Avalie a performance a partir da localização

Uma faculdade cujo público-alvo esteja em Porto Alegre não precisa divulgar a marca em Manaus, certo? Porém, se formos pensar nos bairros da capital gaúcha, quais deles apresentam mais chances de conversão?

O geomarketing é crucial para o sucesso de uma instituição de ensino. Quanto mais específico esse trabalho, melhor. As ferramentas de links pagos oferecem a opção de verificar a performance do anúncio com base em microrregiões. Assim, você pode perceber onde está tendo mais visibilidade e onde precisa melhorá-la.

Conhecendo bem os hábitos do target, também é possível otimizar o desempenho conforme o dispositivo utilizado (celular ou computador) ou a hora do dia. Tudo dependerá de seus objetivos de marketing.

  1. Observe a posição média do anúncio

Esse número corresponde ao local da tela em que seu anúncio aparece. Uma média entre 1 e 4 significa que o banner possivelmente está na primeira página do Google. Ou seja, valores acima de 5 terão menos alcance.

Não que isso seja de todo ruim. Embora estar no topo dos links pagos dê bastante visibilidade, isso também aumenta os custos por lead, o que pode tornar a campanha cara demais.

Se, mesmo com uma verba enxuta, você consegue atingir seu nicho de mercado, então a posição média do anúncio não será tão importante. Por outro lado, injetar um pouco mais de dinheiro nas palavras-chave certas pode render resultados ainda melhores. Tente avaliar o custo/benefício de sua situação.

  1. Compare os resultados de períodos anteriores

Campanhas mais longas acumulam uma boa quantidade de dados. Vale compará-los semana a semana, ou mês a mês, para conhecer melhor as oscilações de performance.

No ramo educacional, a sazonalidade é um fator importante para o sucesso da divulgação da marca. Talvez as épocas mais quentes, como os meses que antecedem as matrículas, rendam maior procura. Por isso, é importante comparar esse desempenho com o mesmo período do ano anterior.

Claro que os números absolutos não dizem tudo. Fique de olho na economia nacional e em outros fatores que possam atingir diretamente seu negócio. Ainda assim, procure saber até que ponto a campanha de AdWords foi determinante para a captação de novos alunos.

  1. Saiba exatamente o que você está avaliando

As métricas relacionadas à geração de leads são importantíssimas. No entanto, é preciso definir exatamente o que significa sucesso, nesse caso.

Dependendo do anúncio em questão, a conversão pode ser preencher um formulário, ou ligar para um número de telefone, ou baixar um material informativo. Dessa forma, fica mais fácil avaliar os custos e o valor que a campanha está gerando frente ao público-alvo.

O segredo está em monitorar os indicadores constantemente. Quando os números estiverem aquém do esperado, mude o que for necessário. Altere o call to action, divulgue os diferenciais do curso, ou mesmo troque a landing page para uma mais atrativa.

No fim das contas, a ideia é ter uma campanha de AdWords otimizada, que garanta a maior visibilidade com o menor investimento possível. Uma estratégia bem-conduzida põe seu nome em destaque no mercado, podendo até mesmo contribuir para a busca orgânica no longo prazo. Afinal, quanto mais leads chegarem ao seu site, mais autoridade a instituição de ensino ganhará na web.

EAD: O FUTURO
DO ENSINO NO BRASIL
Um Ebook exclusivo para profissionais de marketing de instituições de ensino.
Um histórico do mercado de Ensino à Distância no Brasil e as principais tendências para o futuro, trazendo indicadores de comportamento do público e como se preparar para captar melhor os alunos.
BAIXE AGORA O EBOOK

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.