Fator | Performance Driven Marketing

4 Formas de Melhorar seu E-commerce com Marketing de Conteúdo

Marketing de Conteúdo (Inbound Marketing) tem diversos benefícios para profissionais de marketing e de vendas: ele automatiza muito do processo de marketing, reduz o ciclo de vendas e pode pavimentar os pilares da evangelização dos clientes (os advogados da sua marca).

E esses benefícios vão desde segmentos B2B até organizações sem fins lucrativos.

Ironicamente um dos setores que mais pode se beneficiar do Marketing de Conteúdo é o que tem adotado ele mais lentamente: E-commerce.

Hora de começar então? Abaixo seguem 4 formas que o Marketing de Conteúdo pode funcionar para E-commerce:

1 – Blogs Trazendo Tráfego

Não é segredo: otimizar corretamente as palavras-chave aumenta consideravelmente o ranking do site nos mecanismos de busca.

Mas se você não está vendo a melhora no posicionamento de seu site no Google após horas de otimização, uma triste verdade emerge: Você precisa de mais conteúdo, e provavelmente precisa criá-lo com alguma frequência.

É aqui que os blogs se tornam relevantes: Produzindo artigos que conversam com os interesses de seus clientes e naturalmente inserindo palavras-chave relacionadas seu site se torna uma mina de ouro de conteúdo que é desejado para o usuário e para o mecanismo de busca.

E em um mercado disputado como o e-commerce, com pressão de grandes concorrentes como Mercado Livre e Submarino, qualquer oportunidade para destacar sua loja virtual não pode ser desperdiçada!

Criar um blog (e se comprometer em atualizá-lo com frequência) pode ajudá-lo a melhorar o posicionamento do seu site e aumentar o engajamento de sua audiência (os seus clientes!).

2 – Calls to Action e Landing Pages otimizam as conversões. Bastante.

Você quer que um usuário visualize uma página? Dê a ele um Call to Action!
Quer que seu usuário faça algo? Guie-o através de uma landing page!

Esses dois (geralmente ignorados) aspectos da experiência do usuário são essenciais na estruturação do processo de decisão e podem aumentar vertiginosamente o volume de conversões se implementado corretamente.

Nenhum dos dois conceitos é novo, porém ambos são sub-utilizados no ambiente do e-commerce.

Exemplo: Crie uma chamada na capa que destaca um “presente do dia” e convide os visitantes a clicar (um grande “clique aqui” ou “compre agora“). Isso é um call to action. Após o clique, direcione o usuário para uma página que destaca apenas alguns poucos produtos, porém é bem focada, sem menus que dispersem sua navegação ou outros conteúdos de menor relevância. Isso é uma landing page!

3 – Conteúdo Gera Confiança

No segmento de e-commerce o conteúdo de qualidade geralmente é criticado por tomar muito tempo da experiência do usuário e entregar pouco em retorno.

Mas aqui está o segredo: Conteúdo de qualidade não precisa ter um investimento massivo de tempo e geralmente requer pouca ou nenhuma manutenção depois que está publicado.

Como em um blog, o conteúdo de qualidade disponibilizado para download é baseado em informações e objetivos providos pelos seus buyer personas. Se (e apenas “se”) esse conteúdo for bem planejado e entregar algo de valor ao leitor, ele continuará voltando para seu site para ler mais.

Assim que você tiver um conteúdo criado para cada estágio do funil, você poderá usá-lo de forma estratégica para converter visitantes do site em clientes do site. Além disso, em e-commerce, esse funil é consideravelmente mais curto que em outros ciclos tradicionais de inbound.

4 – E-mail converte leads

Falando em conversão – nutrição de leads através de e-mail é uma das formas mais eficientes de atingir (e “reatingir”) usuários que já engajaram anteriormente com seu site. Aliás, você sabia que o e-mail marketing tem uma taxa de retorno de $40 para cada $1 investido? (fonte)

Com esse tipo de oportunidade, não é surpresa que praticamente todas as grandes marcas utilizam algum tipo de processo de comunicação por e-mail marketing.

Utilize o e-mail para informar seus leitores, compartilhar conteúdo e direcionar compras com ofertas segmentadas e relevantes. Aliás, muito importante: segmente cada oportunidade para personalizar ao máximo a mensagem para cada usuário.

Fator Digital

Somos uma agência de performance digital com cultura data-driven, moldada em 3 pilares: Design, Performance e Simplicidade.

Nos diferenciamos no mercado ao não fomentar o modelo tradicional de agência, que se propõe a ser apenas inquieto ou disruptivo. Nossa proposta consiste em ajudar empresas a terem sucesso no meio online através de ações eficientes de marketing digital.

Acreditamos na entrega de soluções, e não de serviços. Vendemos valor, e não tempo. Por isso pensamos as estratégias com foco em resultados que possam ser quantificados e qualificados.

Gostamos de dados, de como as coisas se conectam, mesmo quando parecem tão distantes. Aliás, acreditamos apenas em dados. O resto é achismo. E não trabalhamos com achismo na Fator.

RECEBA NOSSAS NOVIDADES EM PRIMEIRA MÃO!

Preencha seu nome e e-mail abaixo e enviaremos automaticamente as novidades do blog da Fator para você.